24 de maio

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
26/09/23 às 10h55 - Atualizado em 5/12/23 às 10h39

Alerta de Calor! Cuidados com pets

COMPARTILHAR

Neste período de altas temperaturas não são apenas os humanos que sofrem com o calor extremo. Os pets também são influenciados pelo clima e, por serem dependentes das pessoas, nada melhor do que saber o que fazer para deixá-los seguros e frescos nessa época do ano.


Um período mais quente pode trazer perigos como a hipertermia, também conhecida como insolação, que ocorre com o aumento de temperatura corporal acima do normal para a espécie em questão. Para os pets, ela ocorre quando está acima de 41ºC, visto que o normal é em torno de 39,3 a 39,5ºC. Isso eleva o risco de falência múltipla de órgãos e, consequentemente, pode levar a óbito.

Os sintomas da hipertermia em cachorros, por exemplo, são dificuldade respiratória, alteração na coloração da língua e na parte interna das orelhas, apatia, andar cambaleante, confusão mental, excesso de salivação, vômito, diarreia e convulsão.


É necessária uma atenção redobrada com cachorros filhotes, idosos, obesos e braquicefálicos, que são os de crânio achatado e focinho curto. Esses grupos têm mais tendência a apresentar problemas respiratórios e dificuldade em perder calor. Coloque bastante água e comida em vasilhas na porta de casa para os animais de rua. Eles estão sofrendo muito com as altas temperaturas e precisam de ajuda para se manterem vivos.
 
PRINCIPAIS CUIDADOS: 
Evitar passear com o pet em horários que o sol está muito quente, entre 9h e 17h, ele pode queimar ou lesionar a patinha no asfalto quente. Evitar que o pet fique em lugares abafados. É essencial fazer a troca da água diária, deixando sempre água fresca, Você pode até colocar pedras de gelo na aguinha do pet.
Aos cãezinhos que gostam de fruta, dê as que contêm mais água, como melancia e melão, que vão auxiliar na hidratação.

Os animais de rua não são invisíveis. 
Diga não ao abandono.

Mapa do site Dúvidas frequentes